Negócios

Freelancer, melhore a qualidade de software otimizando seu tempo

Clóvis Wichoski
abril 30, 2020
freelancer qualidade de software
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Você já deve ter ouvido falar na expressão “tempo é dinheiro”. A profissão de um freelancer, hoje em dia, demanda expertise, demanda conhecimentos de ferramentas que sejam constantemente atualizadas, não é verdade? Neste artigo, você verá como é importante garantir a qualidade de software através de boas práticas no trabalho de desenvolvedor.

A difícil tarefa de gerenciamento de tempo para o freelancer

O gerenciamento do tempo é obviamente muito importante para quem é desenvolvedor e trabalha como freelancer. Muitas vezes, a perda contínua de tempo com a manutenção de programas traz para o profissional, além de consequências negativas, o desperdício de sua preciosa força de trabalho.

Os programadores, muitas vezes, gastam mais tempo em outras demandas do que na criação de softwares. As tarefas administrativas, manutenções, brainstorming e a espera de testes, combinam-se e ultrapassam as horas gastas na criação e codificação.

Portanto, de modo a evitar a dor que todo freelancer possui nestas condições, siga estas dicas:

1. Faça uma programação, um mapa mental

Os freelancers geralmente têm um horário flexível. Um dos erros mais comuns que novos programadores cometem é aproveitar essa flexibilidade e usá-la como desculpa para procrastinar. A melhor maneira de evitar isso é definir um cronograma e cumpri-lo.

Se você estiver trabalhando em um projeto e puder criar seu próprio horário, é do seu interesse fazê-lo regularmente. Se julgar que uma motivação ao seu redor torna você mais produtivo, participe de espaços de coworking.

2. Saiba dizer não

Uma das habilidades mais importantes que um desenvolvedor freelancer tem é a capacidade de estabelecer limites. Não tenha medo de colocar limites a um trabalho que você não tem tempo de fazer.

Afinal, é melhor deixar de fazer um trabalho do que tentar fazê-lo sem dispor do tempo necessário, onde a chance de um resultado insatisfatório para o cliente e, via de consequência, o desprestígio profissional, é real e pode atrapalhar sua carreira.  

3. Tenha sempre em dia suas atualizações de software

Configure os avisos do Windows ou outro sistema operacional, até plataformas como o Google, para que não se esqueça de manter atualizados seus programas. Assim, crie um ambiente digital, permitindo que a tecnologia possa ser sua amiga, e não o contrário. Aplicativos de produtividade ajudam a simular uma melhor atmosfera de trabalho.

Por isso, faça uma rotina pequena de procedimentos simples e objetivos. Da segurança aos “backups”, de atualizações de software aos novos conteúdos, esses procedimentos podem consumir muito do seu tempo. Pior ainda, se você não é um profissional da web que entende muito de danos causados pela falta de proteção e firewall, a manutenção pode se tornar mais um agente estressor.

Você tem alguém em sua equipe que conhece tecnologias de servidor, programação de firewall ou outras ferramentas? Às vezes, delegar sua manutenção e suporte pode ser uma saída, que ajuda você a liberar seu tempo, aumentar a sua produtividade e ganhar na qualidade do software.

Desta forma, gerenciamento de tempo é crucial se você é um freelancer.

Estas são algumas das boas maneiras para os desenvolvedores gastarem menos tempo mantendo softwares e corrigindo bugs desnecessariamente. Afinal, o tempo que poderiam estar produzindo e desenvolvendo é o mesmo tempo de estar criando recursos, não é mesmo?

A importância da observação e mitigação de riscos em TI

Por conta da sua experiência, profissionais com anos de programação tendem a “prever” comportamentos de usuários, gargalos de software, eventuais bugs de sistemas e formas de proteção. Assim, eles conseguem prevenir possíveis falhas no futuro. Tudo isso, graças ao mapeamento atualizado.

Afinal, como programador, é um fato da vida que você passará muito tempo mantendo e cuidando de programas. Isso faz com que você pule de uma tarefa e perda o foco na qualidade de software. E para garantir essa qualidade de software, manter um trabalho eficaz de desenvolvimento, é preciso poder mergulhar na organização e gerenciamento de tarefas.

Quanto mais interrupções ocorrerem, mais tempo será desperdiçado pela alternância de contextos. Todas as solicitações devem ser mantidas em uma lista, ordenada por prioridades. Estime o tempo necessário para implementar as prioridades mais altas, depois programe seu tempo.

Então, para ajudar nesse desempenho, aqui estão algumas práticas recomendadas para gerenciar escalonamentos de projetos.

Escalação

Em qualquer iniciativa, os desenvolvedores freelancers devem lidar com questões que certamente surgirão. Alguns são solucionáveis ​​dentro do planejamento do projeto, com ou sem a influência do seu gerente de projeto. Tais problemas e riscos importantes podem levar a escalações, que exigem gerenciamentos especiais.

“Escalação” significa problemas: quando necessário e feito de forma oportuna, o gerenciamento de escalação pode ajudar a resolver problemas fora de sua influência. Para isso, fique preparado para acordar questões importantes, mas sem exagerar!

Você não deve escalar todos os problemas encontrados, apenas escale os principais problemas com impactos consideráveis. Invista na qualidade de software!

Comunique o escalonamento: depois de fazer tudo o que poderia para impedir a escalada, você aumentou a conscientização e comunicou-se. Se possível, faça uma proposta com algumas opções de resolução.

Essa forma de gerenciamento evita as causas de atraso nos projetos. Atrasos nos projetos podem afetar qualquer setor, seja coletivo ou individual. E para projetos de TI, geralmente há várias equipes de desenvolvimento envolvidas. Às vezes, um atraso implica em escalonar outros departamentos que gerenciam plataformas e serviços específicos. Isso pode prejudicar completamente o projeto.

Utilizando o Deep Code na qualidade de software

Então, o próximo passo é melhorar e otimizar os resultados do projeto de TI. Não deixe de monitorar o plano para identificar e prevenir esses riscos, de modo a mitigá-los antes que o processo avance.

A observabilidade ajuda as equipes a garantir uma qualidade de software, otimizando tempo com a aplicação de ferramentas tecnológicas modernas. Essencialmente, você precisa relacionar todas as etapas de um projeto em desenvolvimento. Não é possível manter um mapa mental do sistema quando ele muda a cada dia, hora ou minuto. À medida que as equipes adicionam novos serviços, ativam e encerram instâncias de aplicativos, tornando difícil manter um mapa mental.

No entanto, organize a sua programabilidade, usando a plataforma de Deep Code.

Com o Deep Code, o desenvolvedor pode escrever um código bem melhor, pois já previne sobre vulnerabilidades críticas de que você possa resolver em seu código. Por isso, é importante não deixar erros de segurança na produção, economizando tempo localizando e corrigindo-os.

Portanto, com o uso do Deep Code, encontrando vulnerabilidades onde outras revisões automatizadas não encontram, ele garante um feedback positivo para projetos em plataformas e na própria qualidade de software.

E você, está pronto para fazer uso do Deep Code a partir dessas bases de conhecimento para melhorarias do código? Não deixe de fazer suas auditorias de controle de qualidade de software. Previna-se contra os resultados de softwares desatualizados.

Tags: 
Freelancer
Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Clóvis Wichoski

Clóvis Wichoski

CEO Mapperidea
Rolar para cima